Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Poder

Professor, amanhã mesmo vou pedir demissão rssss Muito bom o exemplo que o senhor deu do rapazinho que trabalhava na seção de COBOL junto com mais 20 empregados que decidiram migrar para outras empresas.

Concordo com o seu ponto de vista sobre liderança, não se pode usar da liderança para si e sim para todos.

É notório que o líder, nesse momento contemporâneo lida com muito estresse por conta de um presidente, diretor ou de uma mesa mandante, com elevado grau de exigência, o que acarreta em eliminar essa pressão de forma equivocada na equipe.

Poder também é gestão, ambas se desempenhadas corretamente gerarão o sucesso, entendo o que é preciso hoje é desaceleração, "afiar a faca para ter um belo corte".

2 respostas

Oi Marcelo,

Obrigada por compartilhar seu feedback. Vou encaminhar para o instrutor. ^^

Bons estudos.

Cara Marcelo,

Obrigado pela sua postagem e compartilhamento de sua reflexão ao assistir este video-aula!

De fato, cada dia mais notamos a importância do líder ser um facilitador para alavancar as competências e performances da equipe e não simplesmente um "agente" distribuidor de pressão.

Certamente, na grande maioria dos casos quanto mais facilitador/servidor da equipe o líder for, mais fonte de poder ele terá ("faca mais afiada") e aí esta fonte de poder será fundamental para ele construir e usar a credibilidade e laço de confiança junto à equipe. E com isso, poder transpor com eficiência, momentos de grande pressão que todos no projeto.

Bons estudos!