Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

Respostas impensadas e imediatas

É praticamente instintivo eu fazer críticas, quando sou criticada, como que uma forma de defesa, principalmente quando se trata de assunto que não diz respeito ao outro. Como conseguir não dar respostas imediatas e impensadas?

1 resposta
solução

Oi Ana,

É natural sermos mais reativas, principalmente nos casos em que somos criticadas.

A CNV me ajudou muito nesse sentido e é um grande desafio conseguir dosar entre ser uma pessoa reativa e passiva. É um processo, que requer paciência e treino, mas uma hora a gente consegue internalizar.

Pensando nisso, recomendo a leitura deste artigo.

Além disso, sempre me lembro de um conteúdo que apresentei em um dos meus cursos que fala sobre o círculo de influência e círculo de preocupação, ou seja, as pessoas reativas concentram seus esforços no Círculo de Preocupação. Para elas, existe sempre um culpado por suas frustrações; o governo, a empresa, o cônjuge, o chefe, as crises, enfim, elas permitem ser controladas pelo ambiente colocando o seu foco naquilo que não conseguem controlar. E o resultado a gente já conhece: reclamação, passividade, atitudes acusatórias, lamentações e reatividade, que provocam o encolhimento do Círculo de Influência e o aumento do Círculo de Preocupação. São os agentes de reclamação.

Pessoas proativas colocam seu foco e energia naquilo que podem influenciar ou modificar, e não se preocupam tanto com o que não podem. Elas concentram seus esforços no Círculo de Influência e agem com protagonismo e otimismo realista, aumentando cada vez mais o seu Círculo de Influência e sua capacidade de entrega na vida pessoal e profissional, transformando-se em agente de transformação.

Meu exercício diário, quando me deparo com uma situação que me incita ser reativa, é me questionar: isso está dentro do meu círculo de influência ou de preocupação?

Assim fica mais fácil dar uma controlada. Claro que são coisas que acontecem em micro segundos, por isso mencionei o treino, porque no começo eu sempre dava bola fora e pensava depois e concluia que não era para tanto, eu poderia ter dito o mesmo, mas de outra forma.... Ai para evitar essa sensação ruim de que errei, que não era para tanto, fazer essa reflexão tem me ajudado. =)

Espero que seja útil. ^^

-

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software