Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Avaliar o contexto

Nesta questão temos como correto que o feedback sempre vem para o pensador, mas em muitos negócios o feedback vem para o executor e como o nível de engajamento é baixo não temos a ação de melhoria e problemas passam batido.

Exemplificando:

Uma área de reclamação, o insumo está totalmente na mão de um operador e dependendo do modelo utilizado para a tratativa só temos a resolução do problemas e não a extinção do fato gerador.

Podemos replicar isso para todos setor que os executores tem interação direto com o cliente.

1 resposta

Vinicius, tudo bom?

Quando você não tem uma transparência envolvendo esse ciclo, como você disse, caímos no erro de não tratar o problema na sua causa raiz. O Ágil vem justamente para isso, para tirar as questões que estavam debaixo do tapete e deixar tudo às claras, transparente, para toda a equipe.