Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

"Tapa na cara da Sociedade"

Não é uma pergunta mas uma observação breve.

Bem, já que a professora citou este ponto, vale uma ressalva: a tal "solidão feminina" descrita na música do Queen à época não é, pois, uma característica (ou defeito) exclusiva da Geração BabyBoomer ou da X. Nem o Sr. Mercury é "gênio" por ter pontuado isto. E nem tão pouco o primeiro a tê-lo feito.

Vale dizer que mesmo com as pessoas mais "iluminadas" como estão hoje em dia (e ai podemos aprofundar a discussão caso haja interesse com algumas referências que propositadamente optei por não citar) a solidão não apenas de mulheres mas de todos aumentou e vemos pessoas, das gerações Y, Z e Alpha cada vez mais ressentidas, egoístas, imediatista, descartáveis, paranóicas, medrosas e angustiadas. Por isso tudo mais histéricas, reativas, autoritárias, intolerantes e violentas.

Mal conseguem olhar nos olhos de outros que, minimamente, pensam diferente deles mesmos. Luiz Felipe Pondé, em seu "A Era do Ressentimento" bem nos informa que no futuro lembrarão de nós não com a geração do iPhone mas como a geração do ressentimento.

Aliás, o mundo NÃO está caminhando para um "final feliz" ou está "ficando melhor", não. É uma tolice Hegeliana que alguns canalhas vendem em cursos de Humanas no Brasil. E pior: sem sequer informar ao pobre do aluno de onde isso veio.

É uma característica de demagogos (ou de tolos hiper-sensíveis com pensamento pequeno que gostam de ouvir demagogos para lhes aliviar imediatamente) vender ou panfletar tal idéia.

E ela acaba, cruelmente, ANESTESIANDO as pessoas impedindo justamente de alcançarmos o tal "mundo melhor". Nos impede de fazermos uma honesta auto-avaliação.

Ou seja, demagogia gera burrice e nos traz o efeito contrário do que gostaríamos.

4 respostas

A sociedade sempre foi decaída desde que o mundo começou.

solução

O isolamento serve ao sistema, ao mercado. Dividir os núcleos familiares, tornar o indivíduo cada vez mais solitário é bom para os negócios.

Apartamentos menores, porções menores, tudo por um custo mais alto. A necessidade de estar só custa caro.

Mas para além da solidão e do ressentimento, o que me assusta no olhar para trás, em um futuro nem tão distante, é o fato de que a miséria humana tende a aumentar com a revolução 4.0.

Não temos mais emprego para todos. As máquinas primeiro nos tomaram a indústria, agora os serviços.

Estas reflexões filosóficas não vão ter nem espaço!

Veja bem, tal reflexão:

"Mas para além da solidão e do ressentimento, o que me assusta no olhar para trás, em um futuro nem tão distante, é o fato de que a miséria humana tende a aumentar com a revolução 4.0.

Não temos mais emprego para todos. As máquinas primeiro nos tomaram a indústria, agora os serviços."

JÁ É UM SINTOMA DE PLENO RESSENTIMENTO.

E ele, SEM você sequer notar veio de fontes pseudo-Cientificas de Esquerda. Sempre elas, o retrocesso da Humanidade.

Na era INDUSTRIAL, se essa sua idéia tivesse força, ainda estaríamos andando a cavalo. E não de carros. Mas disto vocês sequer se apercebem. Sequer conseguem fazer uma aplicação de conceitos. O mesmo vale para os milhares de operadores de telégrafo que foram perdendo seus empregos com a massificação do telefone.

O PROBLEMA PORTANTO É BEM MAIS PROFUNDO DO QUE ESSAS MERAS RECLAMAÇÕES RESSENTIDAS SUPERFICIAIS RASAS E REPETITIVAS CONTRA AS FERRAMENTAS DA MODA, SEJA O NOME BONITINHO QUE VOCÊS QUEIRAM DAR AS MESMAS.

Aliás, estamos estudando Java e C# pra que ??? Pra "tirarmos os empregos" dos programadores Delphi ???

Não, amigo desenvolvedor, a questão é mais profunda e o Conservadorismo em Roger Scruton explica isso assim como o livro "A Era do Ressentimento" de Pondé. Trata-se de uma geracao mimada com um mix de muita exigência de muitos direitos com se eximir cada vez mais de deveres e de responsabilidades, inclusive da disciplina de estudar.

Está aqui alguém (eu) que durante toda minha vida não dei ouvidos a mimimi, vitimismo, pseudo-Ciência esquerdista e seu charlatanismo. Nunca fiquei revoltado e sem produzir só porque a vida e pessoas sem valores cristãos (e aplaudidas pela Esquerda inclusive) me prejudicaram e porque nunca tive incentivos. Hoje venci profissional, cultural, acadêmica e financeiramente bem ACIMA da média brasileira. E não parei por aí...

A um jovem eu daria o seguinte conselho : Não culpe o martelo pela sua falta de emprego. Procure sair da preguiça, reclamação e ressentimento e se amolde, seja flexível e resiliente. Procure ter foco na vida e disciplina e não gasta-la apenas com diversão. E então se não surgir algo para ti, FATALMENTE você irá criar seu próprio emprego!

Numa época nojenta e terrível de sombria em que vitimismo e ressentimento viraram "ciência" e autoridade pra emitir opinião, eu me coloco contra tudo isso que venha contribuir para putrefação do meu país.

É preciso refletir...