Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

Só o dono do produto mantem o backlog do produto?

Essa afirmação me pareceu um pouco extremada. É isso mesmo? Só o dono do produto pode alterar o backlog do produto? Não lembro onde ter lido que essa é responsabilidade dele, mas todos podem colaborar, só que a palavra final é do dono do produto.

4 respostas

ola, isso mesmo a palavra final é dele

Boa tarde Hugo! Em princípio a afirmação realmente parece forte, mas é isso mesmo. O Scrum Guide é categórico ao afirmar que o PO (Product Owner) é a única pessoa responsável por gerenciar o Backlog do Produto, e cita que esse gerenciamento inclui as seguintes atividades:

  • Expressar claramente os itens do Backlog do Produto;
  • Ordenar os itens do Backlog do Produto para alcançar melhor as metas e missões;
  • Garantir o valor do trabalho realizado pelo Time de Desenvolvimento;
  • Garantir que o Backlog do Produto seja visível, transparente, claro para todos, e mostrar o que o Time Scrum vai trabalhar a seguir; e,
  • Garantir que o Time de Desenvolvimento entenda os itens do Backlog do Produto no nível necessário.
  • Além disso, o Scrum Guide di que o PO pode fazer o trabalho acima, ou delegar para o Time de Desenvolvimento fazê-lo. No entanto, o PO continua sendo o responsável pelos trabalhos.

    O Product Owner é uma pessoa e não um comitê. O Product Owner pode representar o desejo de um comitê no Backlog do Produto, mas aqueles que quiserem uma alteração nas prioridades dos itens de Backlog devem convencer o Product Owner.

    fonte: https://scrumguides.org/docs/scrumguide/v2017/2017-Scrum-Guide-Portuguese-Brazilian.pdf

    Boa sorte nos estudos!

É que do meu ponto de vista, ser responsável e ser o único que pode alterar o backlog são coisas distintas. Eu acredito que pela filosofia da metodologia, qualquer um do time Scrum poderia alterar, mas o Product Owner teria que revisar todas, aprovando, rejeitando ou solicitando retificações, não?

solução

Hugo você tem razão! De fato ser o responsável e ser o único que pode alterar o Backlog do Produto são coisas distintas. Até porque como visto acima, o Dono do Produto pode delegar esta atividade ao Time de Desenvolvimento e mesmo assim continua a ser o responsável por ela.

Contudo, quando você menciona que acredita que "qualquer um do Time Scrum poder alterar e depois o Dono do Produto vai revisar..." eu entendo que essas alterações (não só do Time mas também dos demais Stakeholders) são levadas ao Dono do Produto para que sejam adicionadas ao Backlog do Produto. Aqui já há uma necessidade de persuasão do Dono do Produto

Scrum Guide: "Para que o Product Owner tenha sucesso, toda a organização deve respeitar as decisões dele(a). As decisões do Product Owner são visíveis no conteúdo e na priorização do Backlog do Produto."

O Backlog do Produto lista todas as características, funções, requisitos, melhorias e correções que o Produto deve ter e é um artefato vivo. Mudanças nos requisitos de negócio, condições de mercado ou tecnologia (em geral, quem mais entende de tecnologia é o Time) podem causar mudanças no Backlog do Produto.

Em que pese haver uma ordenação prévia dos requisitos pelo Dono do Produto (pode contar com a ajuda do Scrum Master), ela não é impositiva. O Dono do Produto não impõe nada ao Time de Desenvolvimento, ele negocia com o Time de Desenvolvimento defendendo a visão do cliente. (Eu sei que você não entrou nesse mérito, mas essa explicação é necessária para entender-mos que existem etapas de refinamento do Backlog do Produto).

Essas novas características são então submetidas a uma priorização pelo próprio Time Scrum no Planejamento da Sprint (por exemplo pelo método MoSCoW) se for a 1ª Sprint do Projeto, ou através de grooming se for nas demais Sprints do Projeto.

Assim, as características que geram mais valor para o cliente provavelmente receberão a classificação Must Have (Deve ter), já as características que não geram nenhum valor receberão a classificação Won't Have (Não deve ter), pulei propositalmente Should e Could Have. Aqui ocorre outra validação, desta vez por todo o Time Scrum

Cabe ressaltar que dentre os valores propagados pelo Scrum Guide consta a coragem para o Time Scrum fazer a coisa certa e trabalhar em problemas difíceis. E o respeito: "Os membros do Time Scrum respeitam uns aos outros para serem pessoas capazes e independentes."

Como se vê, no Scrum todo o time deve se respeitar e isso inclui desenvolver a capacidade de negociação e empatia com os colegas. Assim, apesar de ser o responsável pelo Backlog do Produto se o Dono do Produto for inflexível demasiadamente descartando arbitrariamente os inputs fornecidos pelo Time provavelmente não obterá sucesso com o projeto. Daí, nota-se também, a importância de uma boa escolha do Dono do Produto para um determinado Projeto.

Veja também: https://cursos.alura.com.br/course/scrum-parte-4/task/22414

Bons estudos! :D