Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

Maturidade de Software na cultura Ágil

Pessoal,

Como mensuramos a questão da maturidade de software no framework Agile ? Em waterfall temos o CMMI que na minha opinião é bastante engessado e complexo, porém não consigo achar material sobre como medimos a saúde e maturidade de software em agile.

Obrigada

3 respostas

Cara Tabata,

Obrigado pela sua postagem!

Convém destacar que normas e padrões como: CMMI, MPS.Br avaliam a metodologia e o processo de desenvolvimento na essência independente se você está adotando uma metodologia de desenvolvimento: ágil, waterfall ou híbrida sob, uma ótica abrangente de qualidade em termos do processo, insumo e artefatos gerados.

Fora isso, de fato para projetos waterfall por estarem a mais tempo sendo concebidos existem mais opções de avaliação de maturidade aplicando padrões, normas e procedimentos já consolidados como o CMMI.

Na prática em termos ágeis, esta questão da maturidade é melhor observada com mais atenção quando aplicamos escalabilidade e aí nos remetemos a conhecermos o Nexus, SAFe e Less por exemplo, onde aspectos de conhecimento e adesão a cultura ágil da organização e envolvidos poderão ser melhor identificados por exemplo numa ótica de integração entre equipes e diferentes squads.

Mas lembre-se mensurar a maturidade de desenvolvimento de software sempre nos remete a gestão da qualidade, e aí a metodologia é só um item numa visão bem mais abrangente de análise, ok!?

Bons estudos!

Fernando,

Obrigada por sua resposta.

A utilizamos de TDD ou BDD pode ser considerada como um meio para se atingir maior maturidade e qualidade em desenvolvimento de software?

Obrigada

solução

Cara Tabata,

Obrigado pela sua postagem!

Pode sim tanto o uso do TDD e BDD influenciam positivamente no crescimento da maturidade do processo de aplicação de um metodologia de desenvolvimento de software , em aspectos inerentes a fase de testes de homologação e consequentemente na qualidade!

Práticas deste gênero devem ser aplicadas em artefatos e insumos usados nas fases de iniciação e desenvolvimento também.

Bons estudos e sucesso no desenvolvimento e aplicação do seu plano de qualidade!

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software