Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

Liderança - Dirigir as pessoas x condução autônoma

Pessoal, boa tarde! No curso liderança - parte 1, tem um exercício que define a liderança como "dirigir as pessoas", como um dos significados, explicando: "líderes são como o pastor que conduz um rebanho. Eles levam o grupo para um lugar que muitos ainda sequer sabem onde é, mas que seguem aquele líder porque acreditam nele." Porém, tem uma linha que defende que a liderança leva as pessoas a atuarem como um cardume, onde nenhum peixe é obrigado a estar ali fazendo o que tem que ser feito, não recebem comando, mas todos sabem seu papel e atuam para o objetivo. Sei que pode ser uma entre "o que fazer" e "como fazer", mas gostaria de opiniões sobre o papel do líder em dirigir as pessoas.

2 respostas
solução

Cara Gabriel,

Obrigado pela sua postagem!

Esta discussão é longa, mas os 2 exemplos de liderança que você citou de fato existem!

O que podemos refletir é que independente do estilo adotado, o líder tem que ter a habilidade de se adaptar a necessidade do momento, ou seja, um verdadeiro líder não pode vestir um chapéu, implantar uma abordagem e achar que ela porque funcionou, gerou sucesso num momento ou levou o mesmo a conquistar um determinado cargo ou função é garantia de sucesso vitalício.

Em suma, não tem "receita de bolo" para a forma como um líder deve se comportar em cada momento, o importante mesmo é ele procurar sempre adquirir competências que envolvem habilidades (cognitivas, técnicas e interpessoais), buscar de maneira contínua novos conhecimentos e ter atitude.

Isto tudo não somente na ótica dele como indivíduo mas da organização , pessoas da equipe e stakeholders de maneira geral.

Assim, vejo o líder como um grande equilibrista que as vezes cairá no mar para integrar um cardume, às vezes escalará montanhas como um pastor e também, às vezes terá que voar para conduzir um bando de pássaros em busca de novas perspectivas e alternativas!

Boas reflexões!

Coisa boa demais!!! Hj estava lendo sobre a liderança situacional, teoria de Paul Hersey e Kenneth Blanchard, que vai ao encontro do que você falou... Tendo em vista que é moldada de acordo com a variação das situações apresentadas e diferenças de perfis, levando os colaboradores a reagir positivamente em virtude do objetivo proposto. Muito obrigado pela resposta! Grande abraço