Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Informações ou não de experiências no linkedin

Olá, tenho uma dúvida referente as informações sobre experiências, se devem ser inseridas ou não no linkedin, pois no vídeo informou que era necessário tirar as informações sobre experiências das empresas que trabalhou e deixar só o nome da empresa com as datas de início e fim. Já no link sobre dicas para melhorar o perfil no linkedin ele fala para colocar todas as suas experiências das empresas que trabalhou e focando em palavras chave, pois são a chave para que empresas que buscam possam te encontrar, assim ele falou para abusar das palavras chave e que as informações de experiência, são muito relevantes para as empresas te conhecer melhor profissionalmente, saber o que fez e o que você gerou de relevante na empresa que estava. Dessa forma, qual informação devo seguir? Deixo sem informações ou com as informações, eu particulamente achei mais relevante a indicações do artigo, sendo assim qual o motivo de deixar sem as informações de experiência?

5 respostas

OI Fagner,

Na minha opinião, é importante colocarmos as informações sobre o que fizemos sim.

Palavras chaves são sempre bem-vindas, desde que tenha contexto, hehe. Mas sim, faz todo sentido usá-las para otimizar seu perfil nas buscas.

Espero ter ajudado.

Bons estudos :D

Obrigado pela resposta. Eu vou deixar as informações no meu linkedin e tentar colocar as palavras chave. Seria bom ter um vídeo sobre isso, não sei se tem, porque não vi todos ainda, mas se não tiver, fica como uma boa sugestão colocar e implementar uma série de estratégias para ajudar na busca de uma chamada pra entrevista e recolocação pra uma vaga. Outra sugestão é que atualizem o vídeo em que ela diz que não coloque as informações de experiência, pois já se concorda que o certo é que se coloque. Mais uma vez obrigado.

Oi Fagner,

Obrigada pelo feedback, vou encaminhar para revisão.

Sobre essa questão de colocar as informações ter divergência de opinião me faz lembrar de que a área de RH (como boa área de humanas) nem sempre segue um padrão. Tem recrutador que gosta de um CV mais detalhado, outros mais objetivo. Alguns gostam de receber carta de apresentação, outros preferem não receber (mais uma coisa para ler)...

Não sei se esse é o caso, mas fiquei pensando sobre isso.

Bons estudos e qualquer coisa estamos por aqui.

Essa falta de padrão complica nossa vida toda, kkkkkkkk. Seria bom alguém da área dar início a essa padronização publicanfo artigos e por aí vai. Mas obrigado pela informação.

Nem me fale Fagner, haha! Te apoio nesta causa!

Seria fantástico isso! Mas enquanto não temos novidades, vamos tentar achar o melhor caminho.

:)