Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Ícones apresentados no Outlook...

Olá, bom dia!

A transcrição da aula apresenta em seu início, dois exemplos de telas do Outlook da Microsoft como se houvesse problemas na exibição dos ícones apresentados. E além dos ícones, há um texto explicativo da sua função, mas nada foi comentado a respeito deste possíveis problemas identificados.

Poderia por gentileza, esclarecer isto?

1 resposta

Bom dia Flávio, tudo bem ^^

Lendo a transcrição vi que a explicação é de fato bem rápida, mas acredito que o conceito seja sobre a dualidade de informações.

Na primeira imagem os ícones do software são pequenos, e não possuem uma legenda explicativa, e isso faz com que apenas os usuários que já tem tido alguma experiencia com o que aquele icone representa entendesse o que ele faz.

Um exemplo muito claro é o icone do disquete nos softwares de texto, a geração mais nova não consegue atrelar o conceito de salvar o documento baseado apenas neste icone, por que representa a geração que salvava seus documentos em disquetes.

Para solucionar este problema foi necessário inserir um label aos icones, uma legenda, que deixa o layout mais atemporal, caso eu use o icone de disquete, um pouco maior e deixe descrito sua funcionalidade como SALVAR logo abaixo, independente da geração ou do ícone a ação será bem instruida.

Se você nota nas duas telas, a primeira você tem um pequeno livro que é relacionado a agenda, agenda tradicionl escrita em uma pequeno caderno, e não possui explicação nenhuma do que é o ícone, uma geração que usou agenda manual consegue entender, para solucionar, na imagem de baixo ainda existe o ícone, mas junto dele tem os dizeres livro de agenda, assim qualquer geração ou usuario que não conheça uma agenda tradicional pode identificar o que vai achar ali.

Espero que tenha consegui elucidar um pouco ^^

Um abraço e bons estudos

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software