Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Solucionado (ver solução)

Exemplo de épicos, história de usuários e tarefas

Por favor, poderia exemplificar a elaboração de um épico a partir do documento do visão, em seguida transformando o épico em história de usuário e finalmente quebrando em tarefas?

2 respostas
solução

Olá André,

um exemplo de épico, história e tarefa poderia ser algo assim, vamos supor que você trabalha em um site de vendas online. A próxima grande estratégia que a empresa gostaria de implementar e algo que vai ocupar várias sprints do(s) time(s) é criar um sistema de lista de desejos visível para os meus amigos.

Então um épico, algo muito grande que precisará ser feito, seria justamente que o cliente deseja atrelar a sua conta uma lista de desejos pela qual os amigos dele na plataforma consigam ver e presenteá-lo no aniversário.

Isso seria algo grande demais para caber em 1 sprint, por isso precisamos quebrar este épico em partes menores que serão as histórias. Pensando nisso, uma primeira história seria que o cliente da loja, ao visualizar um produto tenha uma forma de adicioná-lo a sua lista de desejos. Outra história seria que um usuário pode acessar a lista de desejos de todos os contatos de quem ele é amigo para comprar um produto como presente para a pessoa. A terceira seria uma tela por onde o cliente pode ver quais produtos da sua lista alguém já comprou. Assim por diante.

Mesmo uma história ainda continua em nível de negócio, ai em reuniões como a planning do Scrum o time quebra isso em tarefas que estão no nível mais técnico da coisa. Então para fazer a primeira história poderia ter tarefas como: criar uma tela de cadastro de lista de lista de desejos, adicionar um botão na tela dos produto de "Adicionar a lista de desejos", desenvolver uma tela que mostra todos os produtos adicionado em determinada lista.

Um framework que possui alguns templates de criação de épicos é o SAFe. Nesse link eles mostram como seria a estrutura de um card de um épico.

Já a história geralmente é o formato clássica de : Para... (o porquê da história) Eu, no papel de... (para quem estamos fazendo) Quero.... (o que de fato precisa ser feito)

Olá Lucas, obrigado pelo retorno, consegui ter uma idéia sobre a sequência do detalhamento.