Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Problemas para imprimir o mapa sem preenchimento

Se o mapa nao tiver preenchimento, a funcao linha inferior e a coluna da direita nao sao impressas em tela. Como corrigir?

Ex:

Mapa.txt

|---------|
|                |
|                |
|                |
|---------|

Apos execucao:

|---------|
|                
|                
|                
|
#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>

typedef struct Map{
    char** board;
    int lines;
    int columns;
} tMap;


void readMapFromFile(tMap* m);
void allocateMemoryForMap(tMap* m);
void releaseMemoryFromMap(tMap* m);
void printMap(tMap* m);

int main()
{

    tMap m;

    readMapFromFile(&m);
    printMap(&m);
    releaseMemoryFromMap(&m);
}

void readMapFromFile(tMap* m){
    FILE* fMap;

    fMap = fopen("map.txt","r");

    //try to open file in reading mode
    if (fMap == NULL){
        printf("Error to open file.");
        exit(1);
    }

    //read number of lines and columns of the map
    fscanf(fMap, "%d %d", &(m->lines), &(m->columns));

    allocateMemoryForMap(m);

    //load map to the memory
    for (int i = 0; i < m->lines; i++){
        fscanf(fMap, "%s", m->board[i]);
    }

    fclose(fMap);

}

void allocateMemoryForMap(tMap* m){

    //allocate memory for map lines
    m->board = malloc(sizeof(char*) * m->lines);

    //for each line allocate memory for map columns
    for (int i = 0; i < m->lines; i++){
        m->board[i] = malloc(sizeof(char) * (m->columns + i));
    }

}

void releaseMemoryFromMap(tMap* m){

    for(int i = 0; i < m->lines; i++) {
        free(m->board[i]);
    }

    free(m->board);

}

void printMap(tMap* m){
    for (int i = 0; i < m->lines; i++){
        printf("%s\n", m->board[i]);
    }

     /*for (int i = 0; i < m->lines; i++){
        for (int j = 0; j < m->columns; j++){
            printf("%c", m->board[i][j]);
        }
        printf("\n");
    }*/
}
1 resposta

Olá Felipe.

Isso acontece porque o fscanf está com o parametro %s que lê até o primeiro caractere branco, que pode ser por exemplo o caractere \n que é a quebra de linha ou também o espaço em branco. Você pode ver isso com mais detalhes na documentação.

Mas o que está acontecendo é que ele para de ler quando encontra o espaço em branco e por isso imprime dessa maneira, para resolver basta utilizar outro carácter no lugar, por exemplo o ponto ( . ).

Bons Estudos.

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software