Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Porque nao ocorreu conflito de portas?

Oi pessoal,

Não entendi o mapemaento das portas...

Possuimos 3 imagens (threads, posts e users), porém todas as imagens sao mapeadas para a porta 3000, da instância EC2.

Não deveria dar problema uma vez que a porta 3000 ja está em uso na instância EC2, ou essa parte é a que passamos 0 e ele joga numa porta dinâmica dentro da instancia EC2?

Se for esse direcionamento dinâmico (mencionado acima), como o LB sabe que a requisição que chegou na porta 80 path /api/users tem que ir para porta X /api/users?

Abraços. André Luis Florencio da Silva andre.luis.florencio@gmail.com

1 resposta

Olá André Luis, tudo bem? Peço desculpas pela demora em ti responder! A grande resposta para a sua dúvida é o Application Load Balancer que usamos durante o curso, e note que fizemos o mapeamento de portas dinâmico. Se você observou bem quando estávamos adicionados os containers nas tasks, sempre deixamos o campo “Host Port” em branco (ou poderíamos colocar 0), e nesse ponto quando o container for ser realmente ser criado ele vai subir o container dentro de uma porta aleatório e disponível da máquina EC2, por isso que todos os nossos serviços deixamos a porta 3000, porém essa era apenas a indicação da imagem, internamente ele receberá um outro número de porta.

Você pode ler um pouco mais sobre isso nesse artigo: Understanding Dynamic Port Mapping in Amazon ECS with Application Load Balancer!. Nesse artigo também é mostrado na prática, os containers em portas aleatórias.

Espero ter esclarecido sua dúvida!

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software