Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Solucionado (ver solução)
Solucionado
(ver solução)
1
resposta

Relacionamento é um

Como posso modelar um relacionamento "É UM" no EF?

Exemplo:

class Usuario{}
class UsuarioPerfil1 : Usuario {}

No banco tenho uma tabela UsuarioPerfil1 com uma chave estrangeira apontando para a chave primária de Usuario.

1 resposta
solução!

A reposta depende de como tu queres que a atua apliacação se comporte. O mapeamento entre um classe e uma tabela nem sempre é direto. O teu caso é um exemplo, uma vez que bancos de dados relacionais não suportam herança. A isso se dá o nome de incompatibilidade de impedância objeto-relacional (Impedance Mismatch). Nesse contexto, essa imcompatibilidade se refere a uma serie de problemas em representar dados de bancos de dados relacionais em linguagens de programação orientadas a objetos e vice-versa.

Sendo assim, a representação de herança no banco de dados ainda é possivel mas com vantantagens desvantages que devem ser ponderadas de acordo com a necessidade. Por exemplo, há três estratégias diferentes para mapear herança para um banco de dados levando em conta questões como polimorfismo, consistência e performance.

A estratégia mais simples seria uma tabela para uma hierarquia inteira (Table per Hierarchy (TPH)). Nessa estratégia ocorre o seguinte:

-Uma hierarquia de classe inteira pode ser mapeada para uma única tabela.

-A tabela inclui colunas para todas as propriedades de todas as classes nessa hierarquia.

-A subclasse concreta é identificada pelo valor de uma coluna discriminadora de tipo.

Assim tu terias algo como:

public abstract class Person
{
    public int Id { get; set; }
    public string FullName { get; set; }
}

public class Student : Person
{
    public DateTime EnrollmentDate { get; set; }
}

public class Teacher : Person
{
    public DateTime HireDate { get; set; }
}

E na classe que extende DbContext fica assim:

public class MyContext : DbContext
{
    public DbSet<Person> People { get; set; }  

    protected override void OnModelCreating(ModelBuilder modelBuilder)
    {
        modelBuilder.Entity<Teacher>();
        modelBuilder.Entity<Student>();
    }
}

Neste exemplo tu ganhas em performance e polimorfirmos mas perde em consistência, uma vez qe a tabela conterá valores nulos . Para fazer uma consulta especificamente por tipo, faça assim:

myContext .People .OfType<Teacher>().ToList()

Para CRUD em geral faça:

myContext .People.Find()

myContext .People.Remove() . . .

Há outras duas estratégias. Eu nunca as implementei, mas eu te aconselho a deixar tudo o mais simples possivel. Pois uma vez que o teu projeto cresce, vai ficando cada vez mais difícil lidadar com esses problemas. Espero ter ajudado.

Aqui um aula da Alura sobre isso: https://cursos.alura.com.br/course/entity-framework-core-banco-pre-existente-parte2/task/31242.

Aqui um projeto pessoal em que que implemento herança: https://github.com/RenanCbcc/ekklesia

Fonte: entityframeworkcore

Quer mergulhar em tecnologia e aprendizagem?

Receba a newsletter que o nosso CEO escreve pessoalmente, com insights do mercado de trabalho, ciência e desenvolvimento de software