Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se
Ainda não tem acesso? Estude com a gente! Matricule-se

Estresse cotidiano

Se o fator que gera tensão não pode ser mudado, como não reagir negativamente, como controlar a ansiedade?

Exemplo : bancário estressado com atendimento da fila, onde o tempo de espera do cliente não pode exceder a 20 minutos, e a demanda de clientes é sempre grande a cada dia. E cobrança do gestor e clientes é imensa. Levando em conta ainda os riscos de fraudes e falsificações.

1 resposta

Ótima pergunta e ótimas considerações. Na empresa em que trabalho o time e os gestores estão sempre dispostos a melhorar os processos, claro que visando as suas próprias promoções (risos). Nem toda empresa tem uma cultura colaborativa, mas se você não fizer nada, nada vai mudar, então boa sorte!

Considerando que não sou um psicologo nem um bancário que atende fila, vou te falar o que faço ou fiz:

  • Regularmente (a cada 2 meses e sempre que ocorre um imprevisto) peço uma revisão (feedback) de como estou trabalhando, se o gestor (responsável pelo meu time) vê algum ponto que o processo precisa/pode ser melhorado e pontos que eu posso melhorar como pessoa e profissional (atitude, comportamento, conhecimento técnico);

  • Caso eu fique irritado com algo:

1 - procuro nunca agir instintivamente;

2 - se alguém me pergunta sobre algo me dou 5-20 segundos para pensar sobre o assunto. Se eu precisar de mais tempo falo em voz alta que estou pensando, se necessário peço para refazer/reformular/exemplificar a pergunta;

3 - resolvido o problema, penso sobre o motivo de ter ficado estressado (o problema é realmente ter muitos clientes para atender? não dei conta do serviço? por que não dei conta do serviço? preciso de mais agilidade? falta conhecimento? qual o tempo médio de atendimento para profissionais nessa posição?)

--

--

Resumidamente faço uma análise do ambiente, uma auto-análise e peço opiniões externas. Falar "abertamente" sobre os problemas com seu superior e colegas de trabalho costuma ajudar. Pergunta o que está ruim e como pode ser melhorado.

Alguns livros que sugiro:

  • o poder do hábito - Charles Duhigg;
  • trabalhe 4 horas por semana - Timothy Ferriss;
  • armas de persuasão - Robert B Cialdini;
  • mais esperto que o Diabo - Napoleon Hill;
  • Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo - Jeff Sutherland e JJ Sutherland.